Plano de Mobilização Social Nesta quinta feira dia 13 de julho de 2017 os Comitês de Coordenação e Executivo do Plano de Saneamento Básico de Marajá do Sena-MA reuniram-se na Escola Municipal Francisco Nonato Mendes na comunidade Novo Marajá, Divulgando o PMSB, seus objetivos, referencial legal e metodologia, foi reinterado importância da participação da comunidade no processo de construção do PMSB – PLANO MUNICIPAL DE SANEAMENTO BASICO, tendo em vista a importância da Mobilização Social com Objetivo de Estimular a população a contribuírem na elaboração dos diagnósticos através do apontamento de problemas locais em saneamento, na contextualização estrutural do saneamento básico, geográfica e política desses problemas, no reconhecimento do que há em comum entre eles, na identificação de suas causas, na visualização dos sonhos de futuro de cada um dos moradores e nas sugestões de alternativas para a resolução coletiva dos problemas ali apontados.

A intenção é que ao final das Oficinas realizadas nas comunidades perceba quais são as questões mais relevantes e as condições que tem para enfrentá-los, perceba as suas potencialidades e conhecimentos específicos, além de vislumbrar possibilidades para as melhorias sanitárias diante de uma atuação pessoal e coletiva no município.

       A elaboração do Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PGIRS) é condição para os municípios terem acesso a recursos da união nesta área.

 

 

 

Começou nesta quarta-feira (4) em São Luís a campanha de vacinação contra o vírus HPV para meninos em toda rede pública municipal de saúde. A Secretaria Municipal de Saúde (Semus) destaca que as vacinas são para jovens entre 12 e 13 anos. Assim como ocorreu com as meninas, esta é a primeira fase da vacinação nacional.

O programa de combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, chikungunya e vírus da Zica atingiu mais de 1,2 milhões de residências em São Luís. No mesmo período, foram realizadas 665 ações educativas, 17 mutirões e campanha de mobilização social, beneficiando todos os bairros da cidade.

A edição do Mirante Rural deste domingo (25) mostrou que na cidade de Açailândia, situada no oeste do Maranhão, um projeto que visa a construção de estufas voltado para o cultivo de hortaliças está garantindo renda para cerca de 80 famílias na Vila Ildemar. Um dos objetivos do projeto é desenvolver a agricultura familiar sustentável.

O Plenário aprovou na manhã desta quarta-feira (21), na Assembleia Legislativa do Maranhão, em São Luís, o Projeto de Lei nº 184/2016, que estima a receita e fixa a despesa do Estado do Maranhão para o exercício financeiro de 2017.  A proposta prevê uma receita total estimada em R$ 18.261.620.064,00.

Pagina 1 de 2