Marajá do Sena realiza caminhada em combate ao abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes

SLIDE DE NOTICIAS

“Faça Bonito: proteja nossas crianças e adolescentes”. Com este lema a Prefeitura de Maraja do Sena, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, foi para as ruas da cidade celebrar o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. O movimento, organizado pelo Centro de Referência Especializado de Assistência Social de Maraja do Sena (CREAS), lembrou a história de um 18 de maio no ano de 1973, de uma menina de 8 anos que foi sequestrada e violentada cruelmente e assassinada no Espírito Santo. O desfecho da história foi: após 6 dias sumida, seu corpo apareceu carbonizado e os seus agressores, jovens de classe média alta, nunca foram punidos.

 

“Esta história que ficou conhecido como o ‘caso Araceli’, ocorreu há quase 40 anos, mas, diariamente estes episódios ainda acontecem muito nos dias de hoje.
O caso “Araceli” deu abertura para a criação e aprovação da Lei Federal nº. 9.970 do ano 2000. “

A intenção de lembrar do 18 de maio é destacar a data para mobilizar a sociedade para participar de campanhas com foco na proteção das crianças e adolescentes.
Além da equipe da Secretaria Municipal de Assistência Social, CRAS E CREAS, participaram da Caminhada também o Conselho Tutelar, Secretários de Governo, Direção, corpo Docente e Discente da Unidade Escolar Teixeira Santos e Sociedade Civil.